google-site-verification=lVye_3GhixnbQr98N774_HFHsF7BTULAqljtSXVFj8E
top of page
  • Foto do escritorJúlia Guimarães Florim

7 coisas que você precisa saber antes de ir para uma perícia do INSS

Com base em nossos conhecimentos técnicos e específicos sobre direito previdenciário elaboramos uma lista de dicas e condutas para quem vai passar por uma pericia visando a concessão de benefício por incapacidade.

7 coisas que você precisa saber antes de ir para uma perícia  do INSS:
dicas para perícia INSS


Além das dicas ressaltamos a importância de contratar um ADVOGADO ESPECIALIZADO EM DIREITO PREVIDENCIÁRIO que poderá utilizar de técnicas e conhecimentos visando a concessão de seu benefício.


1- O perito não está interessado na sua doença em si, mas porque essa doença te incapacita para o trabalho;


2- O perito do INSS ou judicial não é especialista em sua doença. Então procure falar mais sobre os sintomas e dificuldades que a doença causa.


3- O perito do INSS está ali para negar seu benefício por incapacidade. Por isso ele estará observando tudo a seu respeito para concluir seu laudo, sua roupa, seu meio de transporte, seu relógio e seu celular e sua forma de se comunicar;


4- Não confunda doença com incapacidade para o trabalho. Existe uma grande diferença entre ter o diagnóstico de uma doença e ser considerado incapaz para o trabalho.


5- Os exames médicos não fazem prova de sua incapacidade se você não descrever qual a sua atividade profissional e como aquela doença impossibilita o seu exercício;


6- Um assistente técnico contratado pela pessoa que pede o benefício na justiça pode ser a salvação da pericia judicial; Um assistente técnico vai chamar a atenção do perito para o que realmente importa para que seja reconhecida a incapacidade.


7- Independentemente do resultado da sua pericia sempre solicite uma cópia do laudo pericial, o requerimento pode ser feito pelo MEUINSS ou pelo 135.

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page